Curiosidade curiosa

Sinto muito por sentir tão pouco.
Dependo de emoções incendiárias. MW

Sei lá, mais pra frente pode mudar
Não vou esperar o agora passar
Mudou tudo do mesmo jeito de antes

Aí vem você brincando de amante
Liguei o Foda se e parti como iniciante
Fizemos o tempo ser algo irrelevante
Sabores e cores que deliciaram o instante

MW
19:41 hs
19/03/14

Não tenho nada a dizer, só que bateu uma saudade agora. Depois de 2 anos sem nos falarmos, depois de 2 anos sem te ver, depois de 2 anos sem pensar em você ou se quer lembrar, hoje eu ouvi, na cozinha do meu apartamento, uma música vindo do rádio bem baixinho. Como que, de repente, isso aconteceu? Era nossa música, nossa bela melodia, nossa rima, nossa letra, nossas lembranças boas marcada numa música só. Era como se eu sentisse você do meu lado, beijando meus ombros e indo caminhando até o ouvido parar sussurrar que me amava. Onde é que você estava? Eu queria poder pegar todos os ingredientes de um belo macarrão com queijo e fazer para nós dois, e ouvir você dizendo que esse era a pior comida que você comeu, e enfim, ouvir a sua risada. A risada mais gostosa que já ouvi. E senti mais falta ainda porque eu sabia que se você estivesse ali, iríamos rir e rir e nos beijarmos até subirmos para o quarto e aí saberíamos o que fazer. Eu só fiquei com uma saudade absurda de você, mas não fiz nada, confesso; porque não quis. Ás vezes pode bater uma saudade, mas sei que estou melhor sem você. É sério. (leftmedown)

(via romanceais)

Preciso de você
Sei lá pra que
Mas é você.
MW